Ativista gay fala sobre a campanha que criou contra a psicóloga Marisa Lobo. Leia na íntegra

Ativista gay fala sobre a campanha que criou contra a psicóloga Marisa Lobo. Leia na íntegra

No último mês, um grupo ativista gay realizou, através do Twitter, uma mobilização contra a psicóloga cristã Marisa Lobo. Intitulada “Maris...

Ativista gay fala sobre a campanha que criou contra a psicóloga Marisa Lobo. Leia na íntegra
No último mês, um grupo ativista gay realizou, através do Twitter, uma mobilização contra a psicóloga cristã Marisa Lobo. Intitulada “Marisa Lobo cure meu heterossexualismo” a campanha criticava a postura da psicóloga a respeito da homossexualidade. Usando a hashtag #curemeuheterossexualismo, os ativistas e simpatizantes do movimento homossexual ironizavam as opiniões defendidas pela psicóloga.

Em entrevista ao site A Capa o criador da campanha, o estudante Serviço Social na Universidade de Brasília (UNB), Luth Laporta, afirmou que a campanha surgiu de um cartaz feito para a III Marcha Nacional Contra a Homofobia quando militantes da Cia. Revolucionária Triângulo Rosa (CRTR) tiveram a ideia de usar a frase “Marisa Lobo, cure minha heterossexualidade”, como forma de protestar no evento.
Laporta, que é ativista da CRTR e divulgou a campanha através de vídeos nos quais ironiza a psicóloga, explicou que o uso da palavra “heterossexualismo” foi proposital pois, segundo ele, o sufixo “ismo” remete a doença e é frequentemente usado para mencionar os homossexuais. Entre as publicações com a hashtag, havia desde ameaças até zombarias contra o trabalho de Marisa Lobo.
“Houve mudança no sufixo de ‘dade’, utilizado pelas minhas colegas da CRTR, para ‘ismo’, de forma a tratar com ironia a heterossexualidade como se fosse doença, uma vez que o sufixo remete a doença e é sempre usado por fundamentalistas quando o assunto é homossexualidade”, afirmou o jovem.
Ele afirma ainda que a campanha atingiu os Trending Topics (assuntos mais comentados) em várias regiões do país em 15 minutos e permaneceu ali por mais de uma hora. O ativista explicou a adesão à campanha afirmando: “Vários twittaços muito importantes dessa militância não tiveram êxito por falta de participação. O dessa campanha com certeza obteve sucesso por ser divertido ao mesmo tempo em que era questionador, crítico. Acredito que há carência de senso de humor em quase tudo e a militância não foge à regra”.
Leia a entrevista na íntegra:
De onde surgiu a ideia de fazer a campanha “Marisa Lobo, me cura do meu heterossexualismo”?
O nome oficial da campanha é “Marisa Lobo, cure meu heterossexualismo”, apesar do nome dos vídeos. A ideia nasceu de uma militante da Cia. Revolucionária Triângulo Rosa (CRTR), junto a outras militantes deste coletivo, suas alunas. Elas tiveram a ideia de colocar a frase “Marisa Lobo, cure minha heterossexualidade” num cartaz feito para a III Marcha Nacional Contra a Homofobia. A foto foi divulgada no Facebook e visto por moderadores do grupo “Todos Contra a Homofobia, a Lesbofobia e Transfobia (TCHLT). Assim, idealizamos fazer uma campanha virtual com o nome “Marisa Lobo, cure meu heterossexualismo”.
No primeiro vídeo da campanha você interpreta o começo de uma terapia e, no segundo, o fim. Entre o primeiro e o segundo, qual foi a repercussão da campanha? Muitos adeptos?
O primeiro vídeo teve vários acessos e após assisti-lo algumas pessoas também entraram na brincadeira e fizeram seus próprios vídeos para a campanha. Depois de alguns dias publicado YouTube, nós do TCHLT fizemos uma convocação para um tuitaço com a hashtag #curemeuheterossexualismo, realizada no dia 24/05. Foi um sucesso, atingindo o topo dos Trending Topics em várias regiões do país em apenas 15 minutos e permaneceu ali por mais de uma hora.
Marisa Lobo teve alguma reação ao tuitaço?
A “psicóloga cristã” Marisa Lobo tentou, assim que viu a nossa hashtag nos TT’s, convocar suas seguidoras para um twittaço imediato, utilizando a hashtag #ForçaMarisa. Ela não conseguiu nenhuma posição nos TT’s. Um jornal gospel publicou uma matéria no dia seguinte em apoio à Marisa Lobo .
Uma das principais características da campanha de vocês é o senso de humor crítico. Acredita que falta senso de humor no ativismo atual?
O humor pode se revelar uma arma fatal para argumentos infundados e risíveis, como é o caso dos utilizados por fundamentalistas. A ideia principal da campanha é utilizar dos mesmos argumentos dos fundamentalistas para mostrar que, se algo vale para tratar de uma sexualidade, deve valer para tratar de outras. Assim, se o “homossexualismo” tem cura, o “heterossexualismo” também deve ter.
Utilizar da ironia, do humor em uma campanha de militância sexodiversa/LGBT comprovou ser uma forma de chamar a atenção de militantes e não-militantes e de fazê-las ter vontade de participar. Vários twittaços muito importantes dessa militância não tiveram êxito por falta de participação. O dessa campanha com certeza obteve sucesso por ser divertido ao mesmo tempo em que era questionador, crítico. Acredito que há carência de senso de humor em quase tudo e a militância não foge à regra.
Além do humor, a campanha de vocês toca num tema bem delicado que é a questão do controle sob o corpo e da conversão de uma orientação sexual “anormal” para uma “normal”. Acredita que as pessoas entenderam o recado?
Algumas tiveram dificuldade em entender. Eu tive de explicar para várias delas qual o real objetivo da campanha, mas acredito que isso se deve mesmo ao analfabetismo funcional, um grave problema no Brasil. A maioria das pessoas entendeu, participou do tuitaço e se divertiu assistindo aos vídeos.
Marisa Lobo e outros/as psicólogos/as ligados às correntes religiosas tem defendido publicamente a conversão da orientação sexual, mesmo o Conselho Federal de Psicologia (CFP) já os tenha proibido de fazerem tais “tratamento”. Que análise você faz de tal cenário? O CFP poderia ser mais rígido?
Não acredito que o CFP compactue com a ideia de conversão de orientações sexuais. Ele possui uma diretriz bem clara que orienta as psicólogas a tratarem de casos de egodistonia de sexualidade – quando a pessoa tem dificuldades em aceitar a própria orientação sexual – de forma a ajudar as pacientes a serem felizes como são, sem com isso pretender mudar sua sexualidade.
Além disso, uma psicóloga não pode julgar a sexualidade de sua paciente como “certa” ou “errada”, “boa” ou “má”, independente do que certa religião pregue. O Conselho Regional de Psicologia do Paraná já determinou que Marisa Lobo retirasse de seus meios de comunicação virtuais as alusões à sua religião. Ela, por sua vez, se refere a essa determinação como “perseguição religiosa” e não seguiu a determinação. Quanto às várias psicólogas que dizem seguir uma nova abordagem da Psicologia, denominada Psicologia Cristã, acredito que o CFP deva cumprir seu papel fiscalizador com maior eficácia.
Fonte: Gospel+
Nome

Abílio Santana,15,Acidente,1,Adalpha,2,Adão Santos,2,Adeildo Costa,4,Adhemar de Campos,1,ADSA,2,Advec,1,Advogado Fiel,1,Agenor Duque,16,Alexandre Hebraim,1,Aline Barros,17,Allysson Leite,1,Álvaro Tito,1,Amanda Ferrari,5,Ana Paula Valadão,1,Anderson Bravo,2,Anderson Freire,3,André Valadão,6,Antonella,1,Ao Cubo,1,Apocalipse,14,Aristeu Morais,1,Arte além do Sol,1,Assembleia de Deus,15,Baby do Brasil,1,Bancada Evangélica,2,Batista da Lagoinha,1,Batista Soul,1,Beatriz,4,Bianca Toledo,6,Bispa Francileia,1,Bispo Alfredo Paulo,4,Bruna Karla,20,Cacau Santos,3,Caio Fábio,2,Camila Barros,6,Camurça de Oliveira,1,Carnaval,1,Casa da Brum,1,Casamento,5,Casamento Gay,2,Cassiane,7,Cauê Moura,1,Cayc Lemos,1,CD Completo,6,Censura,1,Cidade Missionária,2,CIEADEP,5,Colunistas,2,Conceição Cabral,1,COnexão Cristão,1,Congresso Gideões,7,Conselheiro cristão,1,Conversa com Bial,1,Creuza de Oliveira,1,Cristina Mel,3,Damares,91,Damares Alves,2,Daniel e Samuel,2,Daniela Araújo,12,Danielle Favatto,1,Davi Sacer,5,Dayane Boy,2,Delino Marçal,1,Destaque,333,Diamante,25,Dinho Oliveira,1,Dj PV,1,Duca Tambasco,2,E.M.A,1,Economia,1,Edilson Turato,1,Edir Macedo,4,Edson Feitosa,5,Eduardo Lopes,1,Eduardo Reis,5,Elaine de Jesus,1,Elaine Martins,2,Eli Soares,3,Elizete Malafaia,1,Elson de Assis,1,Elvis Breves,1,Entevista,1,Entrevista,2,Escola do Reino,5,Estado Islâmico,2,Esteves Jacinto,1,Ex-Menudo,1,Eyshila,5,Fábio Sabino,2,Família,1,Felipão,3,Felipe Heiderich,4,Fernanda Brum,10,Fernandinho,2,Filmes Gospel,1,Flordelis,1,Fogueira Santa de Israel,2,Franklin Medrado,2,Gabriela Rocha,6,Galdino Junior,1,Geldi Batista,1,Genival Bento,1,Gideões 2017,5,Gisele Nascimento,2,Goleiro Bruno,1,Gospel,1,Guerra da Coreia do Norte,3,Gunnar Vingren,2,Helena Raquel,3,Helena Tanure,1,Humor Gospel,1,Ideologia de Gênero,1,Igreja,2,Igreja Católica,1,Igreja Mundial do Poder de Deus,4,Igreja Quadrangular,1,Igreja Renascer,2,Igreja Universal,9,Irmão Lazaro,4,Irmão Lázaro,1,Isa Reis,14,Isadora Pompeu,1,iurd,4,Jabes Alencar,3,Jackson Antônio,4,Jairo Bonfim,1,Jean Carllos,1,Jô Soares,1,João Alexandre,1,Jonas Vilar,1,Jorge Linhares,1,Josivan Portela,1,Josué Gonçalves,1,Jotta A,14,Junior Luz,1,Junior Souza,1,Junior Trovão,1,Justin Bieber,1,Kainon,1,Kleber e Wanderley,1,Kleber Lucas,23,Lanna Holder,3,Lauriete,1,Leandra Nacimento,1,Leandra Nascimento,2,Leandro dos Anjos,1,Léo e Daniel,1,Leonardo Gonçalves,5,Letra,48,Lucas Dias,1,Lucinho Barreto,4,Magno Malta,5,Marcelo Aguiar,1,Marcio Valadão,1,Marco Aurélio,1,Marcos Antônio,3,Marcos Pereira,1,Maria Simões,1,Marisa Lobo,2,Marquinhos Gomes,5,Marquinhos Menezes,3,Matinhos,1,Mattos Nascimento,2,Michael Pires,1,Michel Temer,10,Militantes,2,Misael Santana,1,Missões,1,Moisés Clayton,1,Música Gospel,185,Natal,1,Nielsen Gonçalves,4,Nívea Soares,1,Novo Som,1,Obra Prima,28,Oficina G3,3,Oton Rodrigues,1,Padre,2,Padre Fábio de Melo,1,Pânico na Band,1,Papa,1,Pascoa,2,Pastor,86,Pastor Cesino Bernadino,1,Pastor Claudio Duarte,18,Pastor Eurico,4,Pastor Everaldo,1,Pastor Josué Gomes,4,Pastor Lucas,1,Pastor Marco Feliciano,7,Pastor Salatiel Fidélis,5,Patrícia Lélis,2,Patrick Moura,1,Paulo Cesar Baruck,1,Paulo Junior,3,Paulo Marcelo,7,Paulo Santos,1,Paxtorzão,5,Perlla,6,Plenitude do Trono de Deus,8,Polêmica,107,Política,12,Preto no Branco,3,Priscila Alcântara,20,Programa Raul Gil,3,Projeto Vida,1,PSC,1,Rafael Bello,1,Regis Danese,7,René Terra Nova,4,Reuel Bernadino,1,Ronald Fonseca,1,Rosania Rocha,3,Rose Nascimento,1,RR Soares,1,Samuel Ferreira,4,Samuel Mariano,20,Samusic Produções,10,Sarah Farias,3,Semana Santa,3,Shirley Carvalhaes,8,silas,1,Silas Malafaia,62,Solange Almeida,1,Som e Louvor,3,Sony Music,6,Sóstenes Cavalcante,2,Takayama,1,Templo da Graça,1,Thalles Roberto,16,The Noite,1,Thiago Flores,1,Tiago Brunet,1,Ton Carfi,2,Toque no Altar,1,Trazendo a Arca,2,TV,2,Valdemiro Santiago,10,Vanilda Bordieri,3,Verônica Sacer,2,Vídeo,110,Vini Rodrigues,6,W.Music,4,Wescley Costa,2,Wesley Mendes,1,Wesley Ros,11,Xuxa,1,Zé Pequeno,1,
ltr
item
O Fuxico Gospel - Noticias gospel, música gospel, tudo sobre polêmicas gospel e muito mais: Ativista gay fala sobre a campanha que criou contra a psicóloga Marisa Lobo. Leia na íntegra
Ativista gay fala sobre a campanha que criou contra a psicóloga Marisa Lobo. Leia na íntegra
http://noticias.gospelmais.com.br/files/2012/06/ativista-gay-luth-laporta-200x150.gif
O Fuxico Gospel - Noticias gospel, música gospel, tudo sobre polêmicas gospel e muito mais
http://www.sitefuxicogospel.com/2012/06/ativista-gay-fala-sobre-campanha-que.html
http://www.sitefuxicogospel.com/
http://www.sitefuxicogospel.com/
http://www.sitefuxicogospel.com/2012/06/ativista-gay-fala-sobre-campanha-que.html
true
4155242836553768318
UTF-8
Carregando Todas as Mensagens Não encontrou nenhuma mensagem VER TUDO Leia mais Resposta Cancelar resposta Delete De Home PÁGINAS POSTS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ As Últimas ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não foram encontrados resultados com a sua BUSCA VOLTE PARA O INÍCIO Domingo Segunda Terça feira Quarta feira Quinta feira Sexta feira Sabado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ Semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy